sexta-feira, 14 de setembro de 2007

Fim de caso


Enquanto escuto um blues, me sentindo um lobo solitário.
Penso em quanta besteira você fez. nâo faz nem um mês,
me trocou por outro cara. Agora liga arrependida, querendo
entrar de novo em minha vida e novamente me fazer de otário.
Sem essa baby! Tira essa idéia da cabeça. Eu quero é que você
me esqueça! Esqueça esse lobo solitário!
Nossa estória foi um grande Vietnã. Muitas bombas e band-aids,
chicletes, armadilhas,,, e solidão no front.
No final, aquele suposto amor, foi atingido por uma granada.
Morreu agonizando nos meus braços, e eu não pude fazer nada.
Agora você vem com esse papo, de começar tudo de novo,
fazer de conta que paramos no meio?
Sem chance baby! Não aguento outro Vietnã!
Não suporto outro bombardeio!

Um comentário:

Leo disse...

Muitas vezes só depois quando perdemos damos valor ;/