sábado, 3 de novembro de 2007

Breves e superficiais considerações sobre o tempo.


O tal do Newton dizia que o tempo é absoluto... O doido da língua pra fora desmentiu tudo... E o conceito de tempo mudou completamente, com sua teoria da relatividade. Eu particularmente não entendo porra nenhuma de física, nem quântica, nem cosmologia, nem conceitos e terminologias,
tipo: singularidade, densidade... nem concepção de tempo/espaço... blablablabla...
Eu sei que parece que o doido provou um monte de coisa, inclusive a conversão de energia em matéria(e vice-versa), universo em expansão... Coisa e tal...
Não sei onde essa expansão vai parar! Aliás... Não sei de nada. Nada mesmo!
Mas sinto que o tempo corre tão depressa... "Se você tropeça..."
Na vera! Eu acho mesmo é que o tempo é virtual. E essa estória de que o ano tem doze meses, o mes tem trinta dias e o dia tem vinte e quatro horas... É só uma senha pra gente viver nessa dimensão. Diz o cara que são quatro dimensões né? Três eu já achava muito... Pois é! Pra viver essa realidade a gente precisa desse aparato todo pra coisa não virar esculhambação.
Sob determinadas condições o tempo pode ser mais lento. Ou até parar! Já pensou?
Essa é pra pirar! Pirar mesmo!
Eu acho que ainda vai se descobrir muita coisa a respeito do espaço/tempo... Enquanto isso fico por aqui. viajando... Devagar. Divagando. ..
"Tempo, tempo, tempo, tempo...És um senhor tão bonito... Quanto a cara do meu filho..."

3 comentários:

tarynna disse...

adorei :}
e que venham as descobertas :*

nara disse...

bom mesmo é se perder nele...esquecer das horas, dos dias e das viradas de ano!

Anônimo disse...

Na verdade é mais assustador ainda, são pelo menos 13 dimensões
Mas a gente só precisa mesmo é de uma e um pouquinho de juízo pra fazer as escolhas, né mesmo?
Lindo post